Latest Posts

2 Apps para aprender/aprimorar o inglês

Olá todo mundo,

como vocês estão?

Hoje o Resolvi Mudar veio com o Top 2 – Apps selecionado pelo nosso blog para você aprender ou aprimorar seu inglês, são apps para iniciantes, intermediários, e até mesmo para quem tem nível mais avançado mas que quer praticar e relembrar algumas regrinhas.

Esses 2 apps me ajudaram muito durante o início do intercâmbio principalmente, que a insegurança de falar inglês ainda era bem grande!

Vamos conferir as vantagens e desvantagens desses apps!

Let’s go!?

1– Duolingo:

Esse app é ótimo para iniciantes que querem aprender a se comunicar em inglês no dia-a-dia, pois você aprende nomes de comida, animais, cores, saudações, clima, família, profissões, datas, objetos, lugares, etc.

Mas para você que está num nível mais intermediário é possível estudar os adjetivos, verbos (presente, passado, presente perfeito, futuro, modais, etc), pronomes, gerúndio, preposições, e etc. Além de ampliar seu vocabulário com assuntos como negócios, política,  ciência, medicina, entre outros, que servem também para as pessoas no nível mais avançado, aliás ampliar vocabulário nunca é demais!

Como funciona:

Você pode iniciar criando uma conta no aplicativo com o seu endereço de email ou se conectar pela sua conta do facebook. Feita sua conta é só começar a utilizar.

Terá uns ícones como se fossem as aulas, e neles terão escrito o assunto a ser estudado, e você vai selecionando e aprendendo. Tudo de uma forma bem dinâmica em que você aprenderá escrevendo, falando e ouvindo. Conforme você faz as lições vão abrindo outras etapas mais avançadas, e você terá sempre a oportunidade de voltar nas lições já aprendidas para relembrar os assuntos anteriores, já que inglês é prática!!

IMG_20160308_182330

O Duolingo tem metas diárias de 50 pontos, e quando você cumpre a meta todos os dias da semana, o usuário completa automaticamente dias na ofensiva e também ganha lingots, mas o que é isso?

IMG_20160308_182257

Então, o lingot é como se fosse a moeda desse aplicativo, e com elas você pode adquirir, por exemplo, unidades bônus, confira na foto abaixo:

IMG_20160308_182238

Ps interessante: O que tem nesse aplicativo que acho bem legal é que ele te mostra o quanto você está fluente na língua conforme você vai fazendo as lições, o que é muito motivador! E além disso, a pessoa pode certificar o nível de fluência e também colocar no perfil do Linkedin. Mara não é mesmo?!

IMG_20160308_182313

2– Busuu- Learn Languages:

Nesse aplicativo você tem a vantagem de baixar as aulas e estudar mesmo sem internet. Ele possui lições de acordo com o seu nível, e em cada lição você aprende um pouco de gramática, vocabulário e escrita de uma maneira bem dinâmica!

Para começar escolha o idioma desejado (que no meu caso foi o english) e Let’s learn!!

IMG_20160308_195603

Como funciona:

Como já falei anteriormente o app possui lições para todos os níveis de inglês, mas também possui cursos “extras”, como de viagem, por exemplo. Nesse curso você aprende como se comunicar na língua inglesa em viagens, vocabulário, expressões, entre outras coisas, específicas para viagem. Geralmente essa opção fica bem no final após as lições de cada nível.

IMG_20160308_195711

Outra função interessante do Busuu é que você faz exercícios escritos e pessoas nativas do inglês vão corrigi-los para você, e assim você pode até ganhar um amigo. Além de ser ajudado o usuário pode ajudar corrigindo exercícios de outras pessoas, já que o aplicativo ensina outros vários idiomas, inclusive o nosso querido português!

IMG_20160308_195637

O aplicativo Busuu oferece outras vantagens para membros Premium como, estudar outros idiomas, unidades de gramática, correções dos seus exercícios imediatamente, etc. Mas essas funções custam dinheiro, e o usuário decidi adquiri-las ou não!

Ps interessante.: O Busuu permite você salvar palavras, frases, expressões aprendidas ao decorrer das lições numa lista de vocabulário cujo possui o áudio das palavras salvas, o que deixa o aprendizado mais prático, já que é só clicar no “Meu vocabulário” e você acessa tudo que foi salvo, lendo e escutando, relembrando assim a escrita e pronúncia.

IMG_20160308_195725

Desvantagem: Exercícios que o usuário precisa falar frases ou palavras não funciona muito bem nesse app, obrigando o usuário a repetir várias vezes por não identificar o aúdio, e também não tem a opção não utilizar exercícios com microfone por um tempo determinado, já que não são todos os lugares em que podemos ficar falando alto.

Bem pessoal, por hoje é isso!! Espero que possa ter ajudado com essas dicas e app!

Podem me seguir no insta: @Paolabfrota
E não se esqueçam de curtir a página do blog no Facebook >> https://www.facebook.com/Resolvimudarblogpaola/

Até a próxima, abraços!!!

 

 

 

 

 

Melhores dicas do que fazer em Marrakech, Marrocos – Por um Nativo!

Olá, todo mundo?

como vocês estão?

O post de hoje é sobre uma das viagens mais interessantes da minha vida, que me acrescentou muito como pessoa, pois isso é o que acontece quando você se insere em uma cultura totalmente diferente da sua, você cresce como ser humano, você abre sua mente e passa a entender melhor muitas coisas!!
Estou falando do Marrocos, um país com paisagens maravilhosas e diversificadas, gastronomia que faz qualquer um deixar a dieta de lado, Fé capaz de tirar o seu fôlego ao contemplar (independente da sua religião), cultura admirável, e muito mais que vocês verão nessa série de posts sobre o Marrocos.
Nesse primeiro artigo vamos falar da capital do país, Marrakesh!
Ah, nosso amigo Marroquino Youssef, que também foi nosso amigo guia durante a viagem ao Marrocos, listou especialmente para o blog – “Resolvi Mudar” – o Top 5 de dicas sobre o que fazer na cidade.
Vamos lá conhecer o que Marrakesh tem a nos oferecer?!

A cidade de Marrakesh é popularmente conhecida como “Cidade Vermelha” por esse motivo que você está vendo na foto abaixo:

Marrakesh

A cidade é repleta de construções vermelhas (cor da terra), e você encontra desde casas até hotéis luxuosos exatamente dessa cor avermelhada, uma característica marcante na cidade e que foi a primeira coisa que me encantou quando cheguei!!

Minha viagem aconteceu bem no verão Marroquino, o que foi maravilhoso pois o clima nos permitiu fazer muitos passeios, e não estava nenhum calor insuportável mas sim agradavél! Recomendo o verão lá por que como vocês poderão ver nos próximos posts da Série Marrocos, visitamos cidades de praia 🙂

Mas fiquei sabendo pelo meu amigo marroquino Youssef, que o inverno também é muito bom, e durante a série tem até dica para quem está indo visitar esse país MARA no inverno! Vamos conferir!!!

(mais…)

Intercambista na Irlanda – Acomodação e Escola

Olá, Todo mundo!!

Como vocês estão?

No post de hoje vou contar como foram meus primeiros dias na acomodação e na escola aqui em Dublin, além de alguns probleminhas que tive e as soluções que arranjei para cada um!

Ah, está repleto de dicas boas! Enjoy 🙂

Passados 15 horas de viagem eu só queria um lugar bem quentinho e aconchegante para dormir, mas a dúvida se eu realmente iria encontrar isso na acomodação estudantil que optei por me hospedar no período de duas semanas, atormentou um pouquinho. É claro que eu tinha pesquisado antes no site e também na agência, sobre a acomodação da escola, como eram os quartos e tal, mas a incerteza se realmente será aquilo que você pesquisou sempre bate né?! (ou serei eu uma pessoa muito desconfiada? Digamos, prevenida! rs). Mas calma, preciso falar antes de um serviço que achei super essencial e útil, o transfer, que na minha opinião vale muito a pena contratar, afinal, você está em um lugar totalmente desconhecido, outro idioma, e com malas super pesadas, além do cansaço que uma viagem longa causa. >>> Dica: Algumas agências oferecem esse serviço incluso no pacote, você pode perguntar, mas se não estiver incluso tenta negociar um preço legal, não é muito difícil.

2° post dormindo

Bem, encontrei o transfer no aeroporto e fui para acomodação, que realmente era muito bem localizada, e literalmente do lado da minha escola. Cheguei e fui recepcionada por uma moça simpática que me levou para conhecer o quarto, e adivinhem o que encontrei lá? SIM, uma cama bem quentinha, um quarto super confortável, com TV e banheiro com o chão aquecido. (Ps.: Fiquei em um quarto individual, mas foi o que minha agência ofereceu por um preço bacana, não vejo problemas em dividir quarto), até ai tudo ótimo, tomei meu banho, falei com a família e fui descansar, maaaas logo bateu uma fome e eu percebi que, a acomodação NÃO tinha cozinha, o quarto não tinha frigobar >>> Dica: Pergunte tudo para seu agente sobre a sua acomodação, e leia bem direitinho aqueles  papéis explicativos sobre o local que você vai ficar, ainda mais se for alguma promoção da agência. Eu apesar de desconfiada  prevenida, não me liguei de perguntar sobre isso, e tive que gastar mais dinheiro do que imaginei comendo por duas semanas na rua. Lembram do primeiro post Intercambista na Irlanda – A chegada, cujo falei que não sabia que aquele lanche seria o primeiro de muitos fast foods naZoropa? Pois é!! Aos poucos fui me adaptando e achando lugares bem bacanas (e em conta) para comer, além de ir ao mercado com amigos e fazer aquele achado chamado, pão com Nutella! (rs) SIM, a Nutella aqui é super em conta – Só saber procurar no mercado certo- fator culpado por alguns quilos extras que ganhei aqui! (mais…)

Intercambista na Irlanda – A chegada!

Olá, Todo mundo!!

Como vocês estão?

O primeiro post do – Resolvi Mudar! – não poderia abordar outro assunto que não seja INTERCÂMBIO NA IRLANDA!! Afinal, essa foi uma das maiores mudanças de vida que aconteceu comigo até hoje.

Bem, para começar vou falar de como foi minha chegada aqui, escala, aeroporto, IMIGRAÇÃO, frio, etc. Farei outros posts contando mais sobre, escola, primeira moradia, visa, procura por uma casa, adaptação… Em breve!

Aaaah não se esqueçam que sempre tem uma dica especial no meio ou final de cada post 😉

Sem mais blá blá blá, vamos ao que interessa, Ilha Esmeralda (Irlanda)!!!

Dublin 1 post

Dublin – Irlanda (Fonte da Foto: www.worldstudy.com.br)

29 de março de 2015, lá estava eu fazendo escala em Madri, sozinha e caçando um lugar para comer que não precisasse tanto usar minhas inexistentes habilidades na língua espanhola, foi então que escolhi o Burger king –  mal sabia eu que seria o primeiro fast food de muitos que viriam pela frente “naZoropa” (na Europa)- comi e fui logo procurar meu portão de embarque mesmo faltando umas 4 horas para embarcar, sabe como é, better safe than sorry (melhor prevenir do que remediar), e ainda bem que fiz isso >>> pausa para Dica 1: aproveite o tempo que tem nas escalas, que geralmente são longos, e tire todas as suas dúvidas, não deixe  para perguntar o que faz com a mala, onde é o portão de embarque, ou coisas do tipo em cima da hora. Continuando, me perdi algumas vezes, pois o aeroporto é um tanto quanto grande, mas achei meu portão sem muitas dificuldades e foi lá que conheci um grupo de brasileiros com o mesmo destino, Dublin. Só que, como nada é tão fácil, o nosso portão de embarque foi trocado várias vezes, corremos de um lado para outro, pedimos informação até que nos colocaram num ônibus e conseguimos chegar onde realmente seria nosso embarque, – Mas espera, não se assusta, tudo com calma se resolve e isso não significa que irá acontecer com você, só segue a Dica 1 que vai ser sucesso! (mais…)

Home